Como manter os alunos engajados

Uma das grandes dificuldades ao dar aulas é conseguir prender a atenção dos alunos. Isso tanto com aulas presenciais quanto online. Independentemente se o assunto é muito interessante, às vezes ficar sentado focado em uma pessoa por horas pode se tornar maçante se não há algo que engaje.

Você já pode ter percebido que quando está vendo um curso online ou presencial, de repente se percebe pensando em outras coisas ou abrindo uma segunda aba para conferir algo. Isso acontece porque o curso não conseguiu te engajar.

E para piorar, cada vez está mais fácil se distrair com o celular, as notificações do computador, qualquer lembrete que aparece para tirar a atenção de uma coisa e levar para outra. Então é muito mais trabalhoso ver cursos que exigem atenção e foco para assimilar o conteúdo do que ver as redes sociais.

Por isso, um desafio de qualquer curso é torná-lo interessante ao ponto dos alunos se engajarem ativamente com o conteúdo. Vamos explicar o que é esse engajamento e dar 8 dicas incríveis para que você implemente nos seus cursos e crie cursos mais engajantes.

O que é engajamento do aluno?

Não confunda engajamento do aluno só com atenção no assunto. Você já participou de algum curso em que os alunos não participavam? Podiam prestar atenção, mas não respondiam às perguntas nem abriam questões para debate. Esse é um exemplo de um curso sem engajamento, em que os alunos estão apáticos.

O engajamento do aluno se refere não só à atenção deles no conteúdo, mas também à vontade de aprender. A participação, curiosidade, o interesse e a motivação são parâmetros para medir o engajamento do aluno.

Só pela definição já facilita entender o motivo de todos os cursos de sucesso procurarem engajar seus alunos. Querer formar pessoas no assunto que estejam realmente com vontade de aprender e que estejam procurando ativamente como usar o conhecimento aprendido.

A ideia de valorizar o engajamento do aluno é muito interessante porque coloca como prioridade o entendimento da matéria e a forma com que será desenvolvido. Ter um aluno que procura inserir o conhecimento no dia a dia e pensa de forma crítica sobre o que aprendeu é o melhor aluno possível! 

Como melhorar o engajamento dos alunos.

Para melhorar o engajamento dos alunos existem algumas técnicas e dicas. Vamos apresentar aqui 8 técnicas para que você, ao criar um curso, pense nesses pontos antes. Fazer um planejamento inicial ajuda muito na hora de criar um curso engajante. Tente implementar essas técnicas de forma natural no seu conteúdo.

1. Traga significado para o conteúdo

A melhor forma de criar engajamento logo de cara é mostrar a importância do conteúdo que está ensinando. Mostre o sentido em fazer as atividades propostas e também a real aplicação dos conteúdos que apresenta.

Tente criar uma linha de raciocínio em que os alunos consigam ver onde estão e para onde estão indo com esse aprendizado. Apresentar essa trilha de aprendizado no início de cada módulo faz com que os alunos relembrem porque estão fazendo e também o que conquistaram ao terminar essa etapa.

2. Gamifique os conteúdos.

Uma ótima forma de engajar alunos é tornando o aprendizado um “jogo”. Gamificar o conteúdo, assim como apresentar a trilha de aprendizado, faz com que os alunos tenham uma motivação a mais para terminar o conteúdo.

Nada como ter uma plataforma de aprendizado (LMS) que contribua para isso, né? Logo, certifique-se que sua plataforma incorpora elementos de gamificação.

Não só terminar, mas, dependendo da forma que a gamificação for apresentada, aprofundar nos estudos e procurar material extra. A gamificação cria uma motivação a mais para os alunos que já estão interessados em se aprofundar no conteúdo.

3. Abra debates sobre o conteúdo.

Criar debates e fazer perguntas para os alunos é uma ótima forma de instigá-los a pensar. Dessa forma, se possível, fazer grupos de debates ou mesmo discussões em fóruns é uma maneira saudável dos alunos interagirem entre si e sedimentarem o conhecimento adquirido.

Como instrutor ou designer instrucional, colocar questões abertas para discussão em que a turma pode ter opiniões diferentes é muito produtivo. Os alunos provavelmente irão procurar se aprofundar para ter argumentos melhores e, assim, aprender ainda mais. Além disso, poderão aprender com a opinião dos outros alunos e criar debates saudáveis.

4. Faça avaliações diferentes.

Pensar em outras formas de avaliação também é uma ótima forma de aumentar o engajamento dos seus alunos. Apresentando provas em dupla ou avaliação baseado na discussão de uma reportagem pode ser uma forma de mensurar o quanto do conteúdo foi absorvido e também observar aqueles alunos que se esforçaram para criar algo diferente no momento da avaliação.

Essas avaliações podem ser das mais diversas maneiras, criar um ambiente em que os alunos possam apresentar o que aprenderam e como aprenderam faz com que diferentes formas de entender sejam valorizadas. Muitos alunos engajados podem ter dificuldade com as avaliações tradicionais, então apresentar algo mais descontraído ou gamificado pode ser uma forma desse aluno se destacar.

5. Traga temáticas atuais

Seu curso deve se embasar fortemente em temáticas atuais. Fazer com que ele esteja sempre atualizado. Uma coisa que desanima muito é adquirir um curso que os conteúdos são de anos atrás e não possuem mais utilidade no momento atual

Além disso, a ideia de temáticas atuais está envolvida com as discussões que serão trazidas para a aula. Falar de como o conteúdo está fortemente associado com as atualidades e com os problemas que estão sendo enfrentados hoje.

6. Valorize a criatividade.

Ao passar as atividades, apresente instruções do que deve constar e deixe o resto a cargo da criatividade de cada aluno. Você, com certeza, notará que as atividades que recebeu estavam bem diferente daquelas que imaginou. Isso não significa que estão erradas, mas é uma forma de valorizar a linha de raciocínio diferente de cada um dos alunos e a forma com que entendem o conteúdo aprendido.

Imagine que você está dando um curso de Excel e uma das atividades é criar uma planilha de gastos. Você durante o módulo deu todas as instruções e algumas dicas. Ao pedir a atividade, cada aluno apresentou uma planilha diferente com escolha de gráficos diferentes também.

Claro que algumas vezes podem não ser a melhor forma de apresentar dados, mas aí entra outra questão de discutir na aula e aprender com essas tabelas diferentes. 

7. Traga autoridades no assunto

Se possível, apresente no seu curso autoridades sobre o assunto. Colocar pessoas de destaque além de agregar valor ao curso, também é uma forma de apresentar a visão de uma pessoa que vive e entende do problema para falar com quem está aprendendo. Você pode trazer essas pessoas na forma de citação, vídeo extra ou trazendo o conteúdo que eles escreveram em seus livros, por exemplo.

Essa autoridade pode ser alguém da comunidade local que convive com um determinado problema, pode ser também alguma pessoa em cargo de importância. Isso tudo varia de acordo com o objetivo do curso. 

Trazendo essas pessoas que possuem voz ativa sobre o assunto que está apresentado e abrindo para que os estudantes interajam, é uma das melhores formas de aprender e prender a atenção.

8. Incentive que seus alunos compartilhem o que fizeram com seu curso.

Aqui é uma forma de que os próprios alunos incentivem outros ao compartilhar o que aprenderam com seu curso. Ter pessoas mostrando em que ponto do aprendizado estão e também como se aprofundaram no assunto com seu curso e materiais extras é uma ótima forma de engajar outros alunos.

Por exemplo, você tem um curso online que os alunos não chegam a interagir com os outros. Incentivar que eles compartilhem nas redes sociais um projeto feito utilizando a hashtag do curso é uma forma de unificar todos os alunos que passaram pelo mesmo projeto.

Crie cursos que você mesmo faria.

Criar cursos engajantes pode ser trabalhoso, porém é muito satisfatório ter alunos que estão realmente empenhados em tirar o melhor do seu curso. Formar alunos engajados é extremamente satisfatório, uma vez que serão também uma propaganda para o seu curso. Serão aquelas pessoas que quando questionadas onde aprenderam tanto sobre tal tópico, irão indicar seu curso.

Com essas dicas para criar cursos engajantes, você já tem diversas possibilidades para criar e ter um curso diferenciado!

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *