Componentes de um storyboard

Como você já pode ter percebido, cada tipo de storyboard é composto de diversos componentes. Existem alguns que são meio que obrigatórios, como especificação do tipo de mídia e o conteúdo da mídia. Contudo, e incluindo esses que eu mencionei, você pode ter convenções sobre o que será necessário.

Aqui na Poly a gente usa um código para cada cliente seguido de um código do conteúdo. Dessa forma, ao falar do material UTO07 ou HIA02, eu sei exatamente de qual conteúdo que estamos falando. Isso também me ajuda a pesquisar no Google Drive (repositório de arquivos que eu uso). Assim não precisa ficar pesquisando por palavras-chaves do texto, ainda que isso seja possível. Eu digito o código e voilà, está ali o arquivo que preciso.

Dentro de cada storyboard, você também vai querer especificar o módulo, a aula e a tela. Dessa forma, podemos ter HIA01-03-02-01. Isso será conteúdo 01, módulo 03, aula 02 e tela 01. Para deixar mais fácil de ler, você pode colocar uma letra, ficando HIA01-M03-A02-T01. Lembrando que não existe uma convenção da indústria. Vocês podem debater o nível de detalhes que vão querer. Aqui na Poly, por exemplo, raramente colocamos o módulo. No máximo a tela. Mas sempre vai ser conteúdo e aula.

Agora, vou começar a mencionar tipos de elementos que você pode ter, mas que dependem do que é necessário para você.

Vou pegar esse exemplo de storyboard de média fidelidade. Em cima de cada aula, temos o título e o texto de instrução daquela aula, que o aluno verá. Qualquer comentário vai para o bloco à esquerda. 

Aqui, usamos as notas do slide como espaço para detalhar o conteúdo de cada elemento interativo. Roteiros de vídeos, a gente usa um arquivo separado. Se você narração, você pode deixar uma instrução aqui também. Bom conversar com o narrador qual a melhor forma de fazer essa instrução

No canto esquerdo de cada tela, é a descrição do elemento interativo. Essas notas podem ser tanto para o designer que trabalhará com a ferramenta de autoria, quanto também para o desenvolvedor da página. Os elementos interativos, por sua vez, são verdes. Assim, eu consigo navegar na lista de slides facilmente e encontrá-los. 

Esse símbolo de triângulo, ou de play, indica que essa aula é um vídeo, portanto, possui um roteiro. 

Agora, abrindo esse storyboard de alta fidelidade, temos as notas para o animador. Este é um ppt que eu usei com uma empresa argentina, por isso tá em espanhol. Mas aqui havia, do lado esquerdo, notas para o animador e, do lado direito, notas para o especialista/conteudista. Eu poderia levantar perguntas a respeito do conteúdo para ele, por exemplo. Já pro animador, eu dizia como estava imaginando que a animação seria, dando a sugestão de imagens que ele utilizaria.

Então, recapitulando:

Como componentes iniciais de um storyboard, temos os códigos. Você vai querer codificar cada parte do seu conteúdo, assim fica fácil referenciar no futuro. Assim como um ppt é dividido em slide, um curso é dividido em módulos, aulas e telas. Você deve ser capaz de “casar” um slide com uma parte do seu curso.

Obviamente, o segundo componente são os próprios componentes do curso, como textos, quizzes, vídeos, etc. Se você quiser, eles todos podem ser blocos cinzas, mas você também pode usar cores e códigos para representá-los.

Por fim, temos as notas e comentários: instruções para cada uma das partes envolvidas a respeito dos elementos. As pessoas envolvidas podem ser animadores, outros designers instrucionais, programadores, designers gráficos ou conteudistas, por exemplo. Portanto, separe um tempo para revisar quem são as pessoas interessadas em seu storyboard. Dessa forma, você vai querer ter alguma zona ou meio pré-estabelecidos de como vai conversar com essas pessoas de forma assíncrona.

Show? Vou deixar tudo isso aqui na aula, abaixo do vídeo para você recapitular se precisar.


Este é uma aula do nosso curso de Storyboard. Clique aqui para mais informações e fazer sua inscrição!

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *